Buscar
  • Lidia Ferreira

Alimentação Saudável - Cuidados Essenciais Para Toda Mulher


Você é o que você come, ditado popular que se refere ao valor nutricional de cada refeição e que está ligado diretamente com os cuidados com o corpo. Sabendo que é possível prevenir doenças e fortalecer o sistema imunológico, conheça os alimentos essenciais para a saúde da mulher. Tudo Começa Com Uma Boa Avaliação Estamos em janeiro, primeiro mês do ano onde muitas pessoas estão lutando para manter em dia com a lista de novas resoluções. Apesar de já ter feito parte dessa tribo há muito tempo que ressignifiquei esse conceito de lista de resoluções do ano novo depois de perceber que não existe uma hora mágica de se cuidar, muito menos data especial, como a virada do ano, que seja mais poderosa do que o processo de conscientização relacionado a importância de cuidar da saúde em todos os sentidos. Por isso, deixo a minha primeira dica para você que está realmente disposta a se transformar em uma mulher mais #saudável. Faça uma boa avaliação dos seus hábitos - vamos lá, faça anotações onde achar melhor, como: em sua agenda, seu diário, caderno de anotações ou até mesmo no bloco de notas do seu celular. Seja sincera consigo mesma respondendo as perguntas abaixo:


Dê uma nota de 0 a 10 quando, 0 não for verdadeiro e 10 total realidade. Repare que o objetivo aqui não é o que você acredita ser ideal, mas sim o que realmente você vive hoje.

  1. Sua saúde é prioridade para você; Você planeja suas refeições com base no valor nutricional;

  2. Sabe o que tem que ser feito para manter a saúde física mas acaba procrastinando e por isso fica frustrada constantemente;

  3. Seus amigos e parentes veem você como referência de pessoa que possui hábitos saudáveis;

  4. Seu médico vive te dando puxão de orelha por causa dos sinais de perigo relacionados a sua dieta;

  5. Costuma planejar a lista de compras antes de ir ao supermercado ao invés de se deixar levar pelas as inúmeras ofertas tentadoras na hora da fome;

  6. Sabe ser feliz e não permite viver presa às regras e aos sentimentos de culpa que muitas das vezes acabam escravizando;

  7. Procura conhecer o valor nutricional dos alimentos e como utilizá-los para fortalecer à saúde;

Sabe que precisa aprimorar muito a qualidade do que ingere, principalmente quanto ao que se refere no cardápio do dia-a-dia. A notícia boa é que todo dia você tem a chance de fazer novas escolhas e recomeçar sem ficar se martirizando pelos erros do passado. Claro que o certo é ter uma conversa honesta com o seu médico e de preferência procurar se orientar com um nutricionista competente para poder avaliar seus hábitos atuais e traçar um plano de ação; sim e colocar em prática; caso esteja realmente disposta a ter uma vida mais saudável e disposta. Alimentos que são nossos aliados Muitos são os alimentos ricos em nutrientes que proporcionam o fortalecimento do organismo e que ao mesmo tempo ajudam a manter a pele além de outros órgãos vitais prontos para combater vários inimigos da saúde como: leguminosas, proteínas, fibras, frutas, gorduras não saturadas. Deixando bem claro que a intenção aqui é te ajudar a entender como é possível fazer escolhas importantes, sabendo que esse é apenas um passo na direção para uma vida ainda mais saudável, pois somente assim podemos dar uma ajudinha poderosa como forma de prevenção de doenças crônicas. Aproveito para compartilhar que estarei utilizando a lista que encontrei no caderno do meu esposo que, ao longo dos últimos anos vem se dedicando em aprender e a colocar em prática escolhas conscientes relacionadas à alimentação depois de ter vencido dois cânceres que quase tirou a vida. Meu esposo é sim um exemplo de determinação, de garra e de força; além de que as vezes só vencemos quando nos posicionamos contra os obstáculos independente do prognóstico. Além de mudar boa parte da alimentação, meu esposo também passou a se exercitar ainda na cama do hospital após ter sofrido uma paralisia dos membros inferiores devido aos danos causados por lesões na coluna cervical provocadas pelos tumores.


As dicas abaixo tem como título de Vida Longa. > Turmérico - tempero muito utilizado nos países da Ásia e também no oriente médio, o turmérico (#Turmeric em inglês) ajuda no combate às doenças cardiovasculares, obesidade, pressão alta e disfunções nos vasos sanguíneos.

> Sementes de Linhaça - ajuda no fortalecimento do coração devido a alta taxa de antioxidantes e estrogênio.

> Grão-de-bico - rico em fibras, #vitaminas, carboidratos e potássio, o grão-de-bico contribui para diminuir o colesterol e de doenças cardíacas além de: fortalecer o sistema imunológico, alivia os sintomas da #TPM, fortalece os ossos, previne anemia além de ajudar no ganho de massa muscular.

> Couve - rica em ômega-3, fibras e antioxidantes, a couve é um alimento de baixo teor calórico que: reduz inchaço, regulariza as funções intestinais, fortalece os ossos e os dentes, ajuda na prevenção do câncer, reduz o #colesterol, previne e trata anemia além de combater o envelhecimento precoce.

> Salmão - rico em ômega-3 que contribui para o equilíbrio do nível de #triglicerídeos que são as principais gorduras do nosso organismo mas que quando em níveis descontrolados, ou seja alto, podem estar relacionado com doenças hepáticas (no fígado), inflamação do pâncreas e até com derrame cerebral (AVC). Alguns especialistas recomendam o consumo moderado de salmão para os homens devido ao aumento do risco de desenvolvimento de #câncer de próstata.

> Brócolis - rico em ferro, potássio, magnésio, cálcio, e vitaminas como: A, C, E e K o brócolis é um forte aliado para combater o organismo dos radicais livres, responsáveis pelo o envelhecimento precoce. O #brócolis ainda ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue, diminui a inflamação e prisão de ventre, além de fortalecer os ossos.

> Feijão - alimento importante principalmente para quem não consome carnes, pois além de ser rico em proteínas é rico em #fibras que contribuem para combater o câncer, derrame e doenças cardíacas. Outros alimentos conhecidos como leguminosas também devem ser consumidos diariamente como: lentilha e ervilha.

> Oleaginosas - ricas em vitaminas, minerais, antioxidantes e calorias as #oleaginosas devem fazer parte de toda dieta principalmente da mulher que deseja viver de forma mais saudável. Por conter alto teor calórico devem ser consumidas com cautela, normalmente indicado cerca de 5 unidades por dia. As principais oleaginosas são: as castanhas do pará e castanhas de caju (ricas em vitamina C), as amêndoas (fortalece o intestino), #nozes (ricas em ômega-3 e 6) ajuda combater a #ansiedade e #estresse, pistacho (previne infarto e fortalece o coração). Mantenho sempre comigo uma porção variada de oleaginosas pois além do valor #nutricional ajuda a saciar a fome.

> Safrão (Saffron em inglês) - não confundir com o nosso conhecido açafrão da terra - o Safrão é o tempero mais caro do mundo devido o cultivo ser extremamente delicado e complexo. Porém contém diversos #nutrientes muito importantes para a saúde. Tenho que confessar que dentre de todos os alimentos que meu esposo passou a utilizar na alimentação em nossa casa, os benefícios do safrão foram os que mais me impressionaram. Além de conter um alto nível de antioxidantes, os nutrientes encontrados na pigmentação do safrão têm apresentado excelentes resultados no combate a prevenção a depressão, além de ajudar na perda de peso pois diminui o apetite. O #safrão pode ser preparado nos alimentos cozidos como: arroz, carnes e etc… mas também pode ser ingerido nos chás e sucos naturais.

Como uma forte defensora da saúde feminina, acredito firmemente que podemos viver melhor aproveitando ao máximo todos os #benefícios dos alimentos, principalmente quando sabemos aproveitar na hora do preparo e fazer da alimentação uma oportunidade não só para confraternizar mas de fortalecer a nossa #saúde como um todo.

@plataformadigitalfeminina

Coluna Saúde da Mulher no jornal Brazilian Times Boston

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Investir, poupar, crescer, conquistar são ações que muitos buscam, principalmente nas últimas décadas, porém; qual o melhor investimento que você pode fazer na vida que venha proporcionar um retorno t