Buscar
  • Lidia Ferreira

Liberdade Financeira - Consumidor Inteligente x Escravos do Consumo


O consumo desenfreado ganhou uma proporção ainda maior após o início da era digital, pois com a facilidade de receber um produto no conforto de casa, o acesso ininterrupto às lojas digitais, o aumento do poder aquisitivo, além dos bombardeios de anúncios extremamente atraentes favorecem o escravizamento do consumo. Mesmo assim, como é possível consumir de forma inteligente de maneira a conquistar a liberdade financeira?


As diferenças do consumidor inteligente do escravo do consumismo.


Para entender melhor o que está por detrás dos hábitos da maioria dos consumidores sugiro que faça uma avaliação rápida para identificar a sua realidade atual para depois poder analisar quais são as áreas que você pode melhorar, mas é claro, se seu objetivo é poder se tornar livre financeiramente.


Lembrando que essa é uma série sobre Liberdade Financeira da Plataforma Digital Feminina, que iniciou a cerca de quatro semanas atrás buscando levar você leitora, seja empreendedora ou não, a desenvolver habilidades para alcançar a tão sonhada liberdade financeira.


Antes de mais nada, como você identifica o seu estado financeiro atual? Você sabe exatamente como viver de forma a desfrutar da vida em todos os aspectos sem ter que depender de ninguém?

Você possui uma base financeira planejada para realizar tudo que deseja até o fim dos seus dias?

Ou você ainda não começou a determinar como você vai alcançar seus sonhos através de recursos #financeiros?


Lembrando que nascemos livres e fomos feitas para sermos livres, porém ao longo dos anos somos ensinadas a não pensar “fora da caixinha”. Fomos ensinadas a crescer, estudar, trabalhar, mas não fomos ensinadas a poupar, investir e conquistar. Tradicionalmente nas escolas fomos ensinadas a abafar os nossos pensamentos e com isso fomos levadas a não questionarmos o “sistema” e poder dar direito ao pensamento crítico, ou seja, será que existe uma maneira de manter a nossa #liberdade verdadeiramente?


Na época da escola, ao menos na minha época, éramos obrigadas a decorar a bendita tabuada e a resolver fórmulas terríveis que não faziam o menor sentido. Será que se ao menos soubéssemos que #solucionar uma equação seria muito mais simples do que nos “virar nos trinta” para dar conta de tantos compromissos financeiros ao longo da vida, sem contar de ter que encarar a necessidade de se preparar para poder envelhecer com #segurança, não teríamos agido de forma diferente? Se pudéssemos voltar no tempo depois de anos de experiência de vida, imploraríamos aqueles que foram nossos mestres para que nos ensinasse a como vencer os desafios financeiros. Mas a verdade é que eles também não aprenderam nas escolas as ferramentas necessárias que os ajudassem a conquistar a liberdade financeira.


Se não podemos mudar o passado, podemos revolucionar o nosso #futuro agora, pois o que nos resta é o presente. Por isso faça uma avaliação da sua realidade atual respondendo as perguntas que vão estar no website da #PDF.


Para compreender melhor as diferenças entre o perfil do #consumidor inteligente e do escravo do consumismo e assim poder reavaliar a nossa forma de viver, segue algumas comparações.


  1. Consumidor inteligente - conhece sua real necessidade x Escravo do Consumo - desconhece a diferença entre necessidade e desejo.

  2. Consumidor inteligente - faz das dívidas um mecanismo de investimento, além de saber quando elas terminam x Escravo do consumo - faz das dívidas sua companheira inseparável e não sabe como se livrar das mesmas.

  3. Consumidor inteligente - reconhece suas fraquezas e por isso se orienta com um profissional e busca fortalecer o conhecimento sobre o assunto x Escravo do consumo - é especialista em dar desculpa , vive culpando a tudo e a todos além de fazer novas dívidas se perdendo na bola de neve.

  4. Consumidor inteligente - mantém o hábito do consumo consciente comprando o que realmente precisa e planeja como utilizar bem o dinheiro para atividades de lazer e entretenimento x Escravo do consumo - não resite uma “boa oferta” mesmo que não tenha a menor necessidade, gasta tudo que tem e não se preocupa em economizar.

  5. Consumidor inteligente - é fiel ao orçamento e sabe esperar o momento certo para gastar o seu dinheiro x Escravo do consumo - não possui autocontrole e não sabe quanto entra e quanto sai da conta bancária.

  6. Consumidor inteligente - aprende a planejar e investir utilizando de diversas formas de investimentos, como: renda passiva, mercado de ações e etc… x Escravo do consumo - crítica quem investe de forma segura e é "alvo facil" para cair nas armadilhas #financeiras.

  7. Consumidor inteligente - planeja sua aposentadoria para curtir o que merece depois de anos de trabalho e dedicação x Escravo do consumo - um excelente candidato a se tornar mais um dependente do governo, dos familiares ou até mesmo de estranhos.


Para desfrutar da liberdade financeira primeiro é fundamental mudar a forma de pensar sobre a relação com o dinheiro de maneira a ser servido por ele e não viver como escravo. Fica então a dica para que você venha fazer uma reflexão do seu estado atual e assim poder buscar novas maneiras para transformar a sua vida. Pessoas que possuem #controle das emoções normalmente estão mais aptas a fazerem melhores escolhas. Procure descobrir caminhos que possam levar você a ser livre financeiramente. Compartilhe esse texto e acompanhe as próximas semanas.

#segurançafinanceira #empreendedorismo

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Investir, poupar, crescer, conquistar são ações que muitos buscam, principalmente nas últimas décadas, porém; qual o melhor investimento que você pode fazer na vida que venha proporcionar um retorno t