Buscar
  • Lidia Ferreira

O Seu Valor Refletido Nos Relacionamentos.


Sua identidade possui um reflexo e o autoconhecimento está em desvendar os mistérios que formam a sua própria imagem pois nela está a razão da sua origem.


Vivemos em uma época em que os valores parecem terem se perdido no meio de um emaranhado de mensagens confusas de uma sociedade que insiste em nos convencer de estamos sujeitas a vivermos sempre buscando ter que provar quem somos e do que somos capazes. Mas de que forma manifestamos o nosso valor e a maneira pela a qual reconhecemos verdadeiramente a nós mesmas através dos nossos relacionamentos?


Lamentavelmente, quase sempre; a cobrança que estamos sujeitas se limita somente aos bens financeiros e conhecimento acadêmico, esquecendo que somos capazes de nos relacionar com as nossas emoções e com isso podemos desenvolver habilidades diversas, incluindo a nossa inteligência emocional que afeta inclusive as nossas relações.


A importância de reconhecer o seu valor é essencial para que você possa manter relacionamentos saudáveis e duradouros, tanto como você mesma quanto com os outros.


O gatilho da comunicação efetiva.

A nossa interação com o mundo é bastante complexa, mesmo quando estamos em silêncio. Se você observar um ambiente qualquer, seja este repleto de pessoas: como o vagão de um trem na hora do rush, lotado de pessoas apressadas a caminho do trabalho, ou até mesmo no meio do mato depois de um dia chuvoso, onde somente o som dos pássaros se juntam a sua respiração, existe uma relação que inclui a todos, mesmos os que não estão presentes.


Para ser mais clara e objetiva, não importa em qual lugar você esteja, somos impactadas, direta ou indiretamente pois existe um sistema que engloba todos os seres viventes e seus antepassados também. Um exemplo disso é que aquelas palavras positivas que você recebeu durante a sua infância continua afetando você até hoje, mesmo que inconscientemente. Essas afirmações contribuem para o processo de cognição que está relacionada ao conhecimento. Somos capazes de avaliar, interpretar e aprender através dos estímulos que recebemos por meio de diferentes sentidos. Com isso, formamos as nossas crenças, experiências, percepções que influenciam o nosso comportamento de maneiras diferentes como:

  • Memória: o processo #cognitivo está relacionado a formação da memória de curto e longo prazo, pois é através dela que armazenamos, codificamos as informações recebidas, seja através do conhecimento adquirido, ou seja através das experiências.


  • Atenção: para que possa acontecer o armazenamento das informações através do processo de memória é necessário haver o estado de atenção. Sem ela não podemos realizar atividades ou tarefas do dia a dia pois é através do controle da atenção é que somos capazes de manter o foco e o controle das ações.


  • Aprendizagem: o processo cognitivo influência na aprendizagem. Quando adicionamos novas informações, o nosso cérebro recebe estímulos para somar ao que já temos de conhecimento e assim podemos alterar: as crenças, o comportamento, a percepção e etc...


Assim como é possível fortalecer o processo cognitivo e aumentar a nossa capacidade de manter o foco e assim influenciar o aprendizado, é possível também expandir o conhecimento do nosso valor e como amadurecer a maneira que nós relacionamos.


O reflexo dos seus relacionamentos.

É possível identificar como você se reconhece através das relações que você possui. Se você se valoriza como pessoa provavelmente está cercada de pessoas te admiram. Mas a realidade é que cada vez é mais difícil de se relacionar com outras pessoas. O corre corre do dia a dia, a falta de tempo para estarmos juntos, o distanciamento social causado pela pandemia do #Covid-19, a escassez de troca de energia com os membros da nossa família e até mesmo os amigos devido às nossas escolhas de vivermos nos dedicando a “observar” a vida alheia como espectadores que não interagem diretamente devido ao distanciamento das mídias sociais que ainda geram a falsa ideia de que estamos conectados através do “mundo virtual”. Tudo isso e muitas outras coisas tem retirado a nossa condição de focarmos no crescimento tanto pessoal como interpessoal. Infelizmente estamos vivendo um reflexo de uma sociedade que se importa mais com a “vida dos outros” do que buscar meios de viver intensamente o agora de forma a amadurecermos para nos relacionar melhor com as pessoas.


O melhor é o mais poderoso relacionamento deve ser com você mesma. Você deve refletir quem você é e o que forma a tua essência. A sua identidade está pautada em quê ou em quem te formou? Se você ama a si mesma é capaz de amar também. Se você se reconhece quando se olha no espelho sem se preocupar com a sua aparência para poder identificar quem você é, você tem condições de evitar absorver uma palavra ferina de alguém que tenta te diminuir.


Os principais desafios dos relacionamentos.

Muitos são os desafios para que possamos manter um bom #relacionamento, mas eu quero começar com alguns pontos que podem estar prejudicando você a identificar e transformar uma boa relação com você mesma e com os outros.

  1. A falta do autoconhecimento - como já lemos, o autoconhecimento é fundamental para identificarmos a nossa natureza. Sem ele não é possível compreender como a nossa mente reage e se prepara para as experiências e relações da vida.

  2. Autossabotagem - #traumas, heranças de personalidade , ou seja fatores genéticos podem gerar uma sensibilidade perigosa para muitas pessoas que podem desenvolver comportamentos negativos que provocam atitudes destrutivas através da autossabotagem. Cada indivíduo se difere da forma de como reage as circunstâncias da vida e aquelas que estão mais sujeitas a depressão, ansiedade e algumas doenças físicas podendo inclusive manifestar esse comportamento através: da procrastinação, do comer compulsivamente ou do abuso de drogas, como o álcool por exemplo.

  3. Falta de autenticidade - ser autêntico é ser verdadeiro, é não viver dominado com o que os outros vão pensar de você. Viver para agradar ou para receber aprovação dos outros pode te levar a prisão emocional. Seja livre sendo verdadeira com os seus limites e valorizando suas qualidades como pessoa e como profissional.


O mapa mental e a influência da identidade nas nossas escolhas.

Na próxima semana estaremos refletindo sobre como as nossas escolhas estão relacionadas com a nossa identidade. Vamos aprender a fazer o mapa mental para entendermos melhor como identificar e transmitir o que desejamos. #mapamental


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

@2018 Copyright Plataforma Digital Feminina