• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

@2018 Copyright Plataforma Digital Feminina

Buscar
  • Lidia Ferreira

Relações Tóxicas - Como Se Proteger




























Em todos os nossos relacionamentos estamos sujeitas a inúmeros riscos. Ao nos relacionarmos com alguém, eventualmente somos influenciadas pela a opinião das pessoas com as quais convivemos. Em uma relação de confiança, normalmente nos tornamos mais vulneráveis pois expomos as nossas fraquezas e esperamos que o outro(a) seja leal assim como agimos.


Não é possível ter uma relação saudável com alguém sem o elemento confiança, mas também é bastante provável que enfrentaremos uma decepção, ao menos por uma vez.

Nas relações tóxicas, a parte que recebe às toxinas nem sempre consegue perceber os perigos que envolvem um comportamento doentio e muitas das vezes perigoso.


Relações Tóxicas - Como identificar

A relação tóxica compromete o bem-estar de todos os envolvidos, pois causa sofrimento e insegurança, podendo até comprometer a auto-estima. A relação tóxica tem um fator predominante, que seria; diminuir e controlar o outro para satisfazer uma necessidade doentia de quem a comete. Como as relações tóxicas podem se manifestar de diversas maneiras, pode ser bastante difícil identificar os sinais. Principalmente, porque geralmente a pessoa já está bastante envolvida para perceber a diferença entre: #amor e domínio, cuidado e controle.


Faça o teste - No final do texto você poderá responder um questionário que pode te ajudar a identificar sinais de um relacionamento tóxico.


Tipos de Relações Toxicas

É engano acreditar que somente entre um relacionamento amoroso é possível enfrentar os males de conviver com alguém, que te faz se sentir sufocada, presa ou até mesmo dependente a outra pessoa ou uma situação. São vários os tipos de relações tóxicas, sendo às mais comum são:


Relação tóxica na família: A superproteção é a característica mais comum entre as relações porém é a mais difícil de identificar. Por se tratar de “cuidado”e “zelo” muitas pessoas sofrem por vários anos, às vezes, pela a vida inteira sobre o controle excessivo dentro do seu próprio núcleo familiar. Um bom exemplo, é a relação entre mãe e filho apresentado na novela Amor de Mãe representados pelas as personagens: Thelma (Adriana Esteves) e Danilo (Chay Suede). Thelma que é viúva e mãe de Danilo, vive uma relação doentia com o filho que resolve sair de casa e parar de trabalhar no restaurante da família por não aguentar mais a forma controladora e superprotetora. Danilo passa a questionar o comportamento de sua mãe, depois de sofrer com o término do namoro pois a namorada não suportou mais a forma controladora de Thelma. A trama segue com Danilo tentando descobrir o que é capaz de realizar depois de ter largado a "barra da saia" mãe. Ele encontra um novo amor e uma nova oportunidade de trabalho, porém sua mãe de forma desesperada procura se meter no relacionamento de diversas maneiras. Amor de mãe demonstra como que o amor doentio pode sufocar alguém impedindo a maturidade e independência de forma #saudável de um filho (a).


O que torna ainda mais complicado de reverter uma situação de relacionamento tóxico familiar é justamente por se tratar de laços sanguíneos. Nesse caso, o abuso de poder muitas das vezes está relacionado ao fator cultural que determina a hierarquia familiar além dos costumes e práticas que pode ser perpetuados por várias gerações.


Relação de amizade tóxica - você já conheceu alguém que parecia ser uma excelente amiga, parceira de todas as horas mas que por várias vezes você percebeu que ficava muito insegura ou desconfortável em compartilhar seus sentimentos com receio das críticas? Já recebeu uma reprovação sem sentido ou se sentiu diminuída com os comentários insistentes de alguém que você considerava ser sua amiga? O desafio nesse caso é manter os relacionamentos em comum quando existe a necessidade de romper a amizade com alguém que parece sugar toda a sua energia e alegria de estar junto aos amigos. Uma amizade tóxica também pode te envolver, de maneira sutil, ao ponto de você pensar diferente sobre alguém que você apreciava por vários anos, por influência negativa de uma nova amizade.


Relação Tóxica no local de trabalho - normalmente esse tipo de relação é mais fácil de identificar, porém nem sempre a mais leve de lidar, especialmente quando você é subordinada a essa pessoa. O ambiente no trabalho pode se tornar hostil gerando até mesmo retaliação por parte da pessoa que exerce posição de "poder". Dependendo da estrutura organizacional das normas e condutas da empresa pode facilitar ou não o abuso de poder.


Relação amorosa tóxica - essa deve ser a relação mais conhecida por muitos porém a menos compartilhada. Quando envolve amor entre um casal, as toxinas podem passar por despercebidas pois engloba todos os componentes usados que são disfarçados como: "amor", "carinho", "proteção", "amizade", "romance", "ciúmes" e etc... Infelizmente conviver com uma pessoa tóxica pode parecer escolha de quem sofre com uma relação abusiva, mas somente quem luta para conseguir romper o mal sabe como é complexa a decisão para que possa ser feita de forma segura. A mulher que convive com as maldades do seu abusador nem sempre reconhece que a fonte do problema não é ela. A vontade intensa de que o relacionamento dê certo está quase sempre cercada de dúvidas sobre suas responsabilidades para que o tudo possa continuar "sendo bem sucedido". Isso acontece, principalmente porque o abusador, cria na mente da vítima a sensação de que ela é a única culpada por tudo que acontece de "errado"; tanto na relação amorosa, quanto em outros aspectos da vida; só para justificar os abusos.


Envolvida e sufocada, a mulher dificilmente tem condições de se livrar da relação, especialmente quando tem filhos envolvidos. Nem toda relação amorosa está relacionada a violência doméstica física mas com certeza envolve a violência emocional e muitas das vezes a patrimonial também. No entanto, além de destruir a autoestima podendo até mesmo provocar doenças mentais ou levar ao suicídio. Sendo então muito perigosa, a relação amorosa tóxica deve ser tratada com cuidado observando os direitos de todas as vítimas envolvidas, como: filhos, parentes e até animais domésticos. Se você acredita que seja vítima de violência doméstica, PROCURE AJUDA.


Como é Possível se Libertar da Relação Tóxica.

Para reverter ou se livrar de uma relação tóxica é necessário apoio. Sozinha é muito difícil sair de uma situação por mais simples que possa parecer. Contudo é primordial que você possa permitir acreditar que você não merece passar por isso e que é possível por mesmo que pareça o contrário. Mesmo que você acredite que não consiga mais respirar por estar tão sufocada na relação, saiba que vale a pena lutar por uma vida melhor. Algumas dicas de como redescobrir a possibilidade de encontrar o "ar puro" outra vez.


Faça uma desintoxicação - com ajuda de um profissional, avalie a forma de pensar sobre si mesma procurando se livrar de tudo que mantém você sem atitude certa para vencer.


Exija respeito - talvez você jamais tenha sido respeitada por alguém da figura masculina, como por exemplo: seu pai, seus irmãos, chefe, e muito menos por alguém que você amou e se dedicou por anos, mas é possível aprender a exigir #respeito. Comece respeitando a sua intimidade como pessoa e seu espaço, assim como o seu tempo. Nem sempre precisamos abrir mão de tudo que acreditamos em prol do bem do próximo. Só você conhece os seus limites e o preço pago para ser alguém completa e feliz.


Redescubra o prazer de sentir o ar puro - se você não lembra mais a ultima vez que se sentiu segura ao ponto de poder falar uma "besteira" qualquer sem temer as consequências, talvez esteja na hora de você aprender a viver livre dos medos que rondam a sua vida. Mesmo que a sua escolha não seja terminar a #relação, descubra como reencontrar o prazer de viver independente dos que os outros vão pensar. Não estou aqui falando de quebrar as "regras" ou "chutar o balde", mas de se permitir fazer algo que não seja somente para "agradar os outros". Redescobrir o prazer de sentir o ar puro é conviver em um ambiente sadio comparado a como estar em um local muito agradável junto a natureza durante um dia de sol podendo fechar os olhos sentindo uma brisa suave que que envolve de paz.


Faça o teste.

Para identificar se você está vivendo um relacionamento tóxico primeiro numere 5 pessoas importantes que mais influenciam a sua vida. Avalie uma a uma dando preferência as pessoas com que você mais convive no dia a dia. Responda sim ou não as perguntas a seguir se direcionando a uma pessoa de cada vez.


1. Faz piadas de mau gosto ao ponto de me deixar constrangida ou triste.

2 . Recebe elogios sinceros e quando faz uma crítica sabe que é sempre de forma construtiva.

3. Seu amor é manifestado com a uma mistura de controle e domínio muito mais do que respeito a minha #individualidade.

4. Quando realizo um projeto jamais procura ressaltar os pontos positivos preferindo sempre enfatizar como eu poderia ter feito melhor.

5. Quando estamos entre amigos, constantemente faz comentários negativos ao meu respeito utilizando palavras hostis e debochadas.

6. Mesmo quando ele não está presente, tenho a sensação de estar sendo vigiada o tempo todo.

7. O que penso ao meu respeito mudou para melhor desde de que começamos a nos relacionar.

8. Sou mais feliz e completa principalmente depois que essa pessoa entrou em minha vida.

9. O seu olhar amoroso por mim e pela a vida me faz acreditar que vale a pena amar cada vez mais.

10. Não sei como vou fazer para agradar pois por mais que eu me esforce nunca é o bastante.

11. Tenho que viver pedindo perdão mesmo quando não entendo a razão.

12. Se tudo sai de acordo como havia ele planejado eu sei que serei bem tratada principalmente se o interesse for sua própria realização não necessariamente a minha.

13. Eu nunca sou prioridade mesmo quando eu mais preciso.

14. Tenho certeza que quando for possível superar mais essa situação difícil finalmente eu serei respeitada e #feliz, mesmo que para isso eu tenha que esperar mais alguns anos.

15. O melhor que aconteceu na minha vida foi o ter conhecido, ao menos é isso o que ele me fala todas as vezes que tento conversar sobre a nossa relação.

16. Não vejo a hora de estar em sua presença pois eu me divirto muito sabendo que posso ser quem verdadeiramente sou, sem receio algum.

Resultado.

Caso você tenha respondido sim para a maioria das afirmações acima, você está vivendo uma relação tóxica. Procure um profissional que possa te orientar como a vencer todas essas toxicidades e descobrir como viver uma relação saudável.


#amordemae #violenciadomestica #violenciaemocional

0 visualização