Buscar
  • Lidia Ferreira

Síndrome de Burnout - Como Evitar o Esgotamento Profissional


A exaustão profissional vai muito além do stress do dia a dia no ambiente de trabalho. Porém com características bem semelhantes, a Síndrome de Burnout prejudica não só a vida profissional, mas também todas as outras áreas da vida de quem sofre dessa doença. No entanto, é necessário tratamento multifuncional, quando uma equipe de profissionais de saúde estabelece um plano, que normalmente necessita não só de medicamentos, terapia além do afastamento do local de #trabalho.


Entendendo a Síndrome de Burnout

A Síndrome de Burnout é um #distúrbio emocional que apresenta sintomas como: esgotamento físico, fadiga, dor de barriga, perda de apetite, alterações repentinas de humor, apatia, dor de cabeça constante, aceleração dos batimentos cardíacos, pressão alta, falta de disposição, sentimento de incompetência ou derrota, dores musculares, dificuldade para dormir, isolamento e dificuldade de concentração.

A Síndrome de Burnout afeta mais de 33 milhões de #brasileiros, o que equivale cerca de 30% dos trabalhadores, sendo que alguns estudos afirmam que esse número pode variar entre 25% a 54% dos trabalhadores que já sofreram ou estão sofrendo com essa síndrome no mundo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu no ano de 2019 como uma síndrome crônica que foi identificada pelo o psicanalista alemão, Herbert Freudenberger em 1974. Segundo Herbert, a Síndrome de #Burnout está relacionada com atividades profissionais que levam a um esgotamento físico e emocional ao qual foi experimentado pelo o próprio psicanalista depois de ter trabalhado por 14 horas seguidas.

O esgotamento físico e mental podem também desencadear a depressão e por isso é fundamental o auxílio e orientação de um profissional da área da saúde mental para que essa pessoa possa ser avaliada. O objetivo dessa avaliação é; não só identificar as possíveis causas dos sintomas; mas também chegar: tanto a um diagnóstico como o tratamento adequado. O psicólogo pode determinar principalmente o nível de gravidade dos sintomas além da possibilidade da relação com outras outras doenças.


A mulher que sofre com a Síndrome de Burnout pode até mesmo confundir alguns dos sintomas com um problema físico somente. Mulheres que trabalham em uma profissão que está acima da média de competitividade ou exerce uma função com responsabilidades com o cuidado com o próximo, exemplos: cuidadoras de idosos, babás, professoras, médicas, enfermeiras, jornalistas, empreendedoras,etc... Além do mercado competitivo, o índice alto de desemprego e a falta de tempo para se dedicar para si ou para a #família são fatores predominantes entre as #mulheres que se queixam de esgotamento profissional.


Prevenção

A melhor ferramenta de combate do #esgotamento profissional é a #prevenção. O autoconhecimento é extremamente necessário para que exista uma possibilidade de identificar quando você está arriscando o seu limite. Se você possui um meta profissional, verifique que está de acordo com a realidade de maneira a determinar qual é a melhor #estratégia para alcançar que você deseja.


Para te ajudar a evitar ou combater a Síndrome de Burnout leia as seguintes dicas abaixo:

1. Crie uma agenda realista começando por você - na sua agenda determine um horário para fazer algo que não esteja relacionado a sua profissão, como: meditar, ler, fazer alongamento, exercícios físicos e etc..

2. Imponha limites - Determine um período do dia para se “desligar” das suas obrigações #profissionais. Responder e-mail, telefone e até mensagens no #Whatsapp tem que ter um limite. Jamais leve para o quarto suas obrigações para manter um local "seguro".

3. Estabeleça um ambiente seguro - esse local pode ser: seu quarto, um canto especial da casa. Esse lugar deve ser estrategicamente preparado para que sua mente saiba que ali você pode relaxar e até se distrair das atribuições do dia a dia.

4. Encontre alguém para compartilhar - pessoas que possuem alguém de #confiança para compartilhar suas preocupações podem estar contribuindo para NÃO acumular estresse do #trabalho. Porém cuidado para não exagerar no tempo gasto enquanto desabafa para não ficar ainda mais exausta do mesmo assunto, ou acabar se tornando uma pessoa cansativa ou desagradável de conviver.

5. Desenvolva atitudes proativas - cuidado com a negatividade, pois você pode estar atrapalhando a sua capacidade de pensar na solução. Aprenda a desenvolver uma metodologia de estar preparada para situações diversas ao invés de só aguardar para agir quando já for tarde.

6. Seja contra a automedicação - Jamais faça da automedicação um hábito. Somente seu médico pode determinar o tratamento ideal para o seu caso. Não aceite conselhos que envolva a #automedicação, mesmo que aparentemente tenha dado “certo”para algum conhecido.

7. Mantenha uma rotina de sono - Para se recuperar ou para enfrentar a jornada do dia seguinte, é fundamental que você tenha uma boa noite de #sono, caso contrário você poderá estar prejudicando o seu organismo e também a sua mente levando até a um risco maior de outras doenças devido a diminuição da capacidade do nível de #imunidade que o corpo precisa para combater as enfermidades.

8. Esteja atenta aos causadores de #estresse - seja o seu chefe, um cliente problemático , ou até mesmo a falta de um planejamento adequado, mantenha a atenção de tudo que pode tirar você do seu #equilíbrio diário.

9. Restabeleça as suas prioridades - O que realmente importa para você no fim do dia? Será que seria possível adiar ou modificar os prazos pre-estabelecidos? Faça uma lista das suas #prioridades, tanto pessoais quanto profissionais e veja se é possível restabelecer a ordem.

10. Tire #férias - Quando foi a última vez que você tirou um dias para descansar. Por mais que você tenha uma lista imensa de justificativas para não fazer, tem momentos que é melhor parar por algum tempo para repor a #energia. Planeje e mantenha-se firme de forma a tomar a atitude necessária para conseguir separar uns dias para curtir, pois você merece.

2 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

@2018 Copyright Plataforma Digital Feminina