Buscar
  • Lidia Ferreira

Síndrome do Pensamento Acelerado.



Vivemos em uma época em que a mulher vive cada vez mais sobrecarregada com tantas obrigações e atividades. A lista de compromissos diários não cabe no período de 24 horas. Acreditando na ilusão de que é saudável cumprir com várias atividades ao mesmo tempo, somamos inúmeras coisas e acabamos aumentando o estresse. Quanto mais estresse maior o risco de desenvolver problemas graves à saúde.


Um assunto pouco conhecido é a síndrome do pensamento acelerado. A mente não consegue relaxar por estar o tempo todo ocupada com muitos pensamentos que provoca uma agitação nociva a saúde, devido a exposição excessiva que estamos sujeitas. A síndrome do pensamento acelerado não é considerada uma doença mais sim um sintoma relacionado a ansiedade. A ansiedade é doença mais comum entre nós mulheres. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1 a cada 3 pessoas no mundo sofre de doença mental, como: a depressão, ansiedade, bipolaridade etc...


Entre as mulheres, o índice de diagnósticos de ansiedade é de 42% e entre os homens de 29%. A #ansiedade é um transtorno que provoca preocupação ou medo excessivo contínuo, que prejudica a rotina do dia a dia. Sendo considerada a mal do século, a ansiedade interfere em todos os aspectos da vida, limitando a capacidade de cumprir com os compromissos além de influenciar nos relacionamentos. Existem diferentes tipos de ansiedade como:


Stress pós-traumático - caracterizado por sintomas relacionados a um fato ou experiência estressante ou violenta, como: assalto, violência doméstica, #estupro.


Pânico - O ataque de pânico é conjunto de sensações e pensamentos súbitos, relacionados ao medo da morte, como: #palpitação, palidez, fraqueza, tonturas, suor intenso, desmaio.


Doenças obsessiva compulsiva - Também conhecido como (TOC), é caracterizada como #pensamentos persistentes que escraviza; de forma incontrolável; provocando rituais como: tomar inúmeros banhos por dia, ligar e desligar a luz da casa, etc...


Agorafobia - medo de se achar sozinho em locais públicos abertos.

Quanto a síndrome do pensamento acelerado foi identificada pelo o Psiquiatra brasileiro Dr. Augusto Cury. Um exemplo de como a síndrome se manifesta pode ser, a mente é cercada de pensamentos comparado a um trem descontrolado que sofre o aumento da velocidade agravando o risco de perder o controle dos trilhos.

A incapacidade de relaxar a mente, pode levar ao cérebro sofrer de forma intensa pois gera a saturação do córtex (a camada mais externa do cérebro responsável pelo o raciocínio, resolução de problemas e pela a emoção. Essa saturação pode provocar, dentro de outras coisas, a perda da sensação de bem-estar, já que a pessoa passa a viver em estado de alerta constante, o que acaba gerando a falta de produtividade devido ao desequilíbrio emocional e até físico. Quem sofre da síndrome do pensamento acelerado vive, ao mesmo tempo, pensando em mil coisas enquanto tenta fazer outras mil.

Apesar de que esse mal pode atingir a qualquer pessoa, algumas profissões podem estar relacionadas ao aumento do risco.


Os principais sintomas da síndrome do pensamento acelerado são:

* Mudança de humor repentino;

* Dificuldade para se concentrar;

* Irritabilidade;

* Insônia;

* Inquietação;

* Insatisfação;

* Cansaço excessivo

* Esgotamento mental


Um fator que implica no aumento do risco da síndrome é a superexposição ao uso exagerado das mídias sociais. Com a saturação de estímulos a mente passa a trabalhar mais desordenadamente por falta de tempo para absorver tudo que recebe a cada hora em que você vê ou escuta uma informação. Sem essa absorção positiva, o cérebro passa a exigir mais levando a mente a exaustão. É importante procurar colocar limites nas atividades e principalmente a quantidade de informação que você está se expondo.

Algumas dicas para cuidar da sua mente e combater a síndrome do pensamento acelerado:


1 - Relaxe - É possível aprender a relaxar. Existem várias técnicas de relaxamento, como: meditação, Yoga, #Mindfulness. O importante é criar oportunidades para a mente ficar em “silencio”.


2 - Cuide das suas emoções - É importante ter metas e objetivos, porém devem estar aliados com a sua realidade. Não se cobre demais, proporcionando uma oportunidade de um prazo maior para realizar as tarefas. Estabeleça uma boa relação consigo mesma, através de um conhecimento pessoal mais profundo.


3 - Filtre as informações que você recebe - Evite o excesso da exposição da sua mente filtrando para proteger a absorção desnecessária que provocou a #hiperatividade.


4 - Compartilhe as suas emoções, principalmente com o seu ciclo de apoio.


5 - Aprenda a desenvolver a #inteligencia #emocional.


6 - Mantenha o foco no presente - Não permita viver preocupada com o que está para acontecer. Ao invés disso mantenha a mente presente as suas emoções e no que está realizando. Valorize a sua respiração e perceba as reações do seu corpo quando estiver fazendo algo que lhe der prazer. NÃO SOFRA ANTECIPADAMENTE.


7 - Inicie novos hábitos ou aumente atividades que possam contribuir para o aumento da produção de quatro hormônios principais responsáveis pelo o equilíbrio emocional, como: endorfina, dopamina, ocitocina, serotonina. Dançar, pintar, cantar, ler um bom livro fazer atividades físicas, proporciona o aumento da tolerância e contribui para a felicidade.


8 - Invista na sua alimentação. Podemos encontrar na natureza ervas e #essências que podem servir como calmantes naturais.


9 - Diminua sua carga excessiva de trabalho. Caso não seja possível trabalhar menos, ao menos procure não levar para casa tarefas que você pode deixar para depois.


10 - Busque valorizar a si mesma. Anote ao lado da sua lista de responsabilidade tudo que você tem motivos para agradecer. Pode ser uma conquista ou até mesmo um momento feliz.


Em caso de perceber que você está sofrendo da #síndrome do pensamento acelerado, procure ajuda de um profissional da saúde mental. Mantenha a sua mente ativa mais jamais escrava dos seus pensamentos.

2 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

@2018 Copyright Plataforma Digital Feminina