Buscar
  • Lidia Ferreira

Superando o Medo de Empreender Durante as Crises.



Criando novas oportunidades durante a pandemia.


Na segunda semana de maio o jornal New York Times publicou um artigo sobre o número de trabalhadores que aplicaram para o seguro desemprego desde o início da crise que abateu os Estados Unidos desde o início da #pandemia. Os dados apontam que cerca de 36 milhões de pessoas deram entrada no benefício de seguro desemprego (#unemployment benefit). Essas informações não incluem as centenas de milhares de trabalhadores e trabalhadoras não tem o direito a esse #benefício. #newyorktimes


De uma hora para outra, a vida financeira e a garantia de poder manter os compromissos foram abalados drasticamente. Muitos donos de pequenas empresas foram surpreendidos de manter a folha de pagamento de seus funcionários ao ficarem impedidos de continuar com as portas dos estabelecimentos abertos. Muitas mulheres perderam o sustento e passaram a conviver com o medo de poder manter o “pão de cada dia”.


Sem saber quando conseguiremos restabelecer a economia e como faremos para superar a crise instaurada, que pode repercutir pelo os próximos anos, muitas de nós devem estar se perguntando como superar a dificuldade através de novas oportunidades de conquistar estabilidade financeira. Porém, talvez você esteja se perguntando, mas será que é válido #investir em um novo negócio em meio a tantas incertezas?

O medo de empreender

Se o medo pode ser um impulsionador de oportunidades porque então que é tão difícil tomar o primeiro passo?


Estima-se que no mundo 582 milhões de pessoas são empreendedoras, e cerca de 60% dos empreendedores, entre 40 e 60 anos, iniciam uma empresa. Contudo 22.5% das pequenas #empresas fracassam no primeiro ano de existência, sendo o motivo número um para o fechamento seja a falta de mercado. Talvez seja por isso que mesmo que muitas pessoas sonham em ter o seu próprio negócio, o medo de errar as impeçam de se quer iniciar.


Nós mulheres fazemos parte da maioria das empresas mais jovens que foram abertas nos últimos anos. Além disso, as mulheres que empreendem tem um nível de escolaridade 16% superior do que os homens. Mesmo assim, ainda sofremos com a discriminação e preconceito que impede de muitas de nós conquistarmos cargos de mais elevados, como executivo.


Existe também o falso conceito que “lugar de mulher é em casa” e que quando uma #mulher decide empreender ela “abandona” a família. Mas nada disso nos impede quando estamos determinadas vencer e superar todos os obstáculos. Para isso precisamos procurar nos educarmos mais sobre o assunto relacionados a área que almejamos. Além disso, é importante fazermos parcerias com pessoas capacitadas que possam nos apoiar na caminhada do #empreendedorismo.


Já sabemos que o medo é uma reação natural a uma resposta negativa quando se percebe o perigo. Mas também existe o medo irracional que criamos mesmo que inconscientemente sem a existência de um fator real. O medo pode paralisar alguém, impedindo de conquistar algo que tanto almejamos ou até mesmo de perdemos o que já possuímos e por isso seja tão importante vencer as barreiras que nos impedem de vencer.


Existe uma frase muito conhecida entre os empreendedores do criador do #Linkedin, Reid Hoffman que diz: “Empreender é se jogar de um precipício e construir um avião durante a queda”. Em outras palavras, se você deixar o medo te dominar não saberá o quanto vale a pena se arriscar para obter o sucesso. Além disso, é possível aprender algo novo quando você se arrisca.


Como é possível vencer o medo


Como em todas as áreas da vida, a experiência é a principal chave para a #maturidade. A maturidade é demonstração de equilíbrio e força.

Conhecimento - Para vencer o medo, primeiro é necessário o conhecimento do fator que provoca a resistência de acreditar que somos mais capazes e maiores do que os desafios enfrentados. Aprender estratégias de como iniciar ou crescer o seu próprio negócio é a segunda dica para vencer o medo. Podemos aprender mesmo durante a recessão.


Vários são os exemplos de empreendedoras de sucesso que venceram outras crises financeiras, como a que inciou-se no ano de 2007 durando cerca de 18 meses, que foi considerada a maior recessão que os Estados Unidos viu nas últimas décadas. Mesmo durante a crise, muitas pessoas encontraram uma maneira de se reinventar e acabaram conquistando um patamar ainda mais solidificado do que antes.


A outra dica seria #diversificar.


Normalmente o que vemos durante uma crise é o corte: corte de gastos e de pessoal, mas as empresas que procuraram diversificar para atender melhor seus clientes de forma a adaptar-se a realidade atual conseguiram se manter no mercado e ainda conquistaram mais clientes além de fortalecerem o relacionamento com os clientes antigos.


Marketing digital - A última dica de hoje é investir em marketing digital. A divulgação da sua marca é fundamental para manter o crescimento do seu negócio. Se você está pensando em começar um negócio, ou não sabe ao certo de como aumentar as suas vendas ou serviço, procure um profissional de marketing ou alguém que possa te orientar como entender o mercado para acertar o alvo SEM MEDO. #marketingdigital


Se você deseja saber mais outras dicas de como vencer o medo de empreender, faça um #comentário, que entraremos em contato com você.


3 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

@2018 Copyright Plataforma Digital Feminina